Aula de Windsurf em Florianópolis

Ano novo, vida nova! É assim que geralmente iniciamos o ano. Um livro com 365 páginas novinhas em folha para escrevermos o que quisermos!

Nós passamos a virada do ano na praia, em Florianópolis, com minha família (Maiza aqui, só para lembrar) e aproveitando que estávamos na praia decidimos buscar uma nova atividade, experimentar algo novo, algo que nunca tínhamos feito antes, foi então que encontramos o windsuf!

 

Leia 1ª AULA DE SURF EM UBATUBA

 

Também conhecido como prancha à vela, é um esporte olímpico praticado com uma prancha idêntica à prancha de surf e com uma vela entre 2 e 5 metros de altura que depende da força do vento para planar sobre a água.

Quando pesquisei sobre este esporte bem pouco conhecido por mim já de cara aprendi uma grande lição: não desista dos seus sonhos e se você acredita nele já é o suficiente! Não entendeu nada? Eu explico: o widsurf foi criado em 1960 pelo casal Darby, mas como a ideia não foi muito bem recebida, eles desistiram da invenção sem ao menos patentearem a ideia. Foi então que alguns anos mais tarde dois amigos, Hoyle Schweitzer (empresário e surfista) e Jim Drake (engenheiro e velejador), patentearam o equipamento e o batizaram de windsurf (entendeu agora?).

Procuramos a escola de windsurf e kitesurf (foto abaixo)  Windcenter, que oferece aulas para todos os níveis, do básico (ou nada, nada mesmo, assim como nós) ao avançado nas duas modalidades. 

Eu nunca havia subido em uma prancha de windsuf, mas eles possuem uma aula especial para quem não tem experiência nenhuma. É uma aula introdutória, com um pouquinho de teórico (10min) e muita prática! Confesso que achei que seria impossível ficar em pé e controlar aquela bichinho…

O valor da aula (R$40) me chamou bastante atenção, afinal o valor da locação de uma prancha de stand up é quase isso! E ter a oportunidade de apreder com um profissional vale muito mais a pena!

Antonio e eu fizemos a aula com outro casal, cada um tinha sua chance de colocar em prática os ensinamentos do instrutor.

 

A minha primeira tentativa foi um desastre, é muito estranho entender o peso da vela e como lidar com seu corpo em cima da prancha, pensar onde pisar, quanto deixar seu corpo cair para trás, quando trocar as mãos de lugar, etc. Mas para minha felicidade na terceira (isso mesmo, na terceira!) tentativa em já estava em pé e no controle da vela, sendo levada pelo vento! Que sensação indescritível! E parecia tão rápido!  Claro que nesta aula aprendi apenas a ir, e não sabia como voltar! Acho que isso já é conteúdo para a aula 2 🙂 

Super indico esta experiência para todos, sem restrição de idade ou condicionamento físico, o instrutor irá te ensinar e apenas colocar em prática aquilo que estiver dentro dos seus limites. Que tal?

Agradecemos a Windcenter por nos apoiar nessa atividade incrível! Obrigad@! 


   Precisa reservar seu hotel ou hostel? Nós sugerimos a Booking.com!

Utilize ESTE LINK, você não paga nada a mais por isso (nem 1 centavo, prometo!) mas nós recebemos uma pequena  comissão, que ajuda a pagar as contas do blog e escrever mais posts incríveis como este!

Olá, somos Antonio e Maiza!
Aqui nós compartilhamos as melhores
dicas e roteiros de viagem para que você possaviajar mais e melhor.
 Realize você também os seus sonhos!